Por:Gladys Ferraz Magalhães

Recentemente, uma pesquisa realizada pela Robert Half identificou os piores defeitos dos líderes. Na ocasião, o desequilíbrio emocional e a arrogância foram os mais citados, com 26,1% e 18,9% das respostas, nesta ordem.

Na tentativa de ajudar quem sofre com chefes que detêm tais defeitos, o diretor de recursos humanos e carreiras da Veris Faculdades, Marcos Vono, dá algumas dicas.

Leia o resto deste post »

Onde Há Vagas

Publicado: março 21, 2012 em Informações Gerais
Tags:

Saiba quais são os postos de trabalho que as empresas têm dificuldade em preencher e como se tornar elegível para ocupar um deles.

Especialistas em recrutamento e gestores de recursos humanos dos mais diversos setores são praticamente unânimes em afi rmar que o mercado de trabalho brasileiro sofre com a escassez de profissionais qualificados. Levantamento realizado entre os meses de julho e setembro pela empresa de pesquisas H2R, em parceria com a VOCÊ S/A, mostra que, das 130 organizações ouvidas, todas disseram que têm dificuldade para preencher pelo menos um cargo. A pesquisa apontou que a falta de habilidade técnica é, de longe, o principal entrave para o preenchimento de determinadas posições. As competências emocionais e comportamentais, entretanto, são essenciais para a manutenção do emprego. O fator técnico foi apontado como problema número 1 por 57% dos entrevistados. Formação acadêmica veio em segundo lugar, com 23%. Em seguida, aparece a disputa por talentos versus a oferta de profissionais, com 19%. Idiomas e habilidades comportamentais vieram na sequência, com 12% e 11%, respectivamente.

Leia o resto deste post »

Desconto de INSS Vigencia 2012

Publicado: março 21, 2012 em INSS 2012, Tabelas

Salário de Contribuição Referência 01/01/2012

Salário de Contribuição  Alíquotas (%) até 1.174,86  8,00 de 1.174,87 até 1.958,10  9,00 de 1.958,11 até 3.916,20  11,00

Atenção: O valor máximo do INSS do segurado empregado é R$ 430,78

Tabela de Contribuição da Previdência Social Tipo de Salário de Contribuição  Alíquota  Limite (R$) * Empresários (contribuição sobre o pró-labore)  11% (desconto na fonte)  R$ 430,78 Autônomos (recebimentos de pessoas físicas)  20%  R$ 783,24 Autônomos (recebimentos de pessoas jurídicas)  11% (desconto na fonte)  R$ 430,78 Contribuintes Individuais e Facultativos (Decreto 6042/2007)  11%  R$ 68,42

Desconto na fonte: o empresário ou autônomo deve constar na GFIP. * Limite para pagamento do salário máximo de contribuição: R$ 3.916,20

Gestão de Recursos Humanos

Publicado: março 21, 2012 em Informações Gerais

Tecnológico

O tecnólogo em Gestão de Recursos Humanos desenvolve e gerencia planos de carreira nas empresas, analisa estratégias institucionais, elabora planos táticos e operacionais de recrutamento, seleção, avaliação e treinamento de pessoal. É sua função administrar as potencialidades de processos organizacionais e gerenciar pessoas, de forma a integrar os setores da empresa. Cabe ao profissional a avaliação da necessidade de novos colaboradores que garantam a viabilidade do processo produtivo da empresa, assim como é sua função realizar o manejo do quadro de funcionários. Para isso, o gestor em RH precisa dominar as técnicas de gerenciamento de pessoas. Leia o resto deste post »

Sistema Centesimal

Publicado: março 1, 2012 em Centesimal, Tabelas

TABELA DE HORAS PARA LEITURA E CÁLCULO

Conversão de Minutos para Sistema Centesimal

min cent min cent min cent min cent min cent min cent min cent min cent min cent min cent
1 0,02 7 0,12 13 0,22 19 0,32 25 0,42 31 0,52 37 0,62 43 0,72 49 0,82 55 0,92
2 0,03 8 0,13 14 0,23 20 0,33 26 0,43 32 0,53 38 0,63 44 0,73 50 0,83 56 0,93
3 0,05 9 0,15 15 0,25 21 0,35 27 0,45 33 0,55 39 0,65 45 0,75 51 0,85 57 0,95
4 0,07 10 0,17 16 0,27 22 0,37 28 0,47 34 0,57 40 0,67 46 0,77 52 0,87 58 0,97
5 0,08 11 0,18 17 0,28 23 0,38 29 0,48 35 0,58 41 0,68 47 0,78 53 0,88 59 0,98
6 0,10 12 0,20 18 0,30 24 0,40 30 0,50 36 0,60 42 0,70 48 0,80 54 0,90 60 1,00

min cent min cent min cent min cent min cent min cent min cent min cent min cent min cent
61 1,02 67 1,12 73 1,22 79 1,32 85 1,42 91 1,52 97 1,62 103 1,72 109 1,82 115 1,92
62 1,03 68 1,13 74 1,23 80 1,33 86 1,43 92 1,53 98 1,63 104 1,73 110 1,83 116 1,93
63 1,05 69 1,15 75 1,25 81 1,35 87 1,45 93 1,55 99 1,65 105 1,75 111 1,85 117 1,95
64 1,07 70 1,17 76 1,27 82 1,37 88 1,47 94 1,57 100 1,67 106 1,77 112 1,87 118 1,97
65 1,08 71 1,18 77 1,28 83 1,38 89 1,48 95 1,58 101 1,68 107 1,78 113 1,88 119 1,98
66 1,10 72 1,20 78 1,30 84 1,40 90 1,50 96 1,60 102 1,70 108 1,80 114 1,90 120 2,00

Sistema Centesimal => Dividir os Minutos por 0.6              ( 48 Minutos / 0.6 = 80 )
Sistema Minutos      => Multiplicar Centesimal  por 0.6      ( 80 Centesimal * 0.6 => 48 )


TABELA DE FÉRIAS PROPORCIONAIS

Proporcionalidade
Quantidade de Avos

Número de Faltas Injustificadas durante o período aquisitivo

de 0 a 5 de 6 a 14 de 15 a 23 de 24 a 32
1/12 2,5 dias 2 dias 1,5 dia 1 dia
2/12 5 dias 4 dias 3 dias 2 dias
3/12 7,5 dias 6 dias 4,5 dias 3 dias
4/12 10 dias 8 dias 6 dias 4 dias
5/12 12,5 dias 10 dias 7,5 dias 5 dias
6/12 15 dias 12 dias 9 dias 6 dias
7/12 17,5 dias 14 dias 10,5 dias 7 dias
8/12 20 dias 16 dias 12 dias 8 dias
9/12 22,5 dias 18 dias 13,5 dias 9 dias
10/12 25 dias 20 dias 15 dias 10 dias
11/12 27,5 dias 22 dias 16,5 dias 11 dias
12/12
(Férias integrais)
30 dias 24 dias 18 dias 12 dias


TABELA DE FÉRIAS P/CONTRATO DE TRABALHO A TEMPO PARCIAL

Serão devidas e concedidas as férias após cada período de doze meses de vigência do contrato na seguinte proporção:

Jornada de Trabalho Semanal

Dias de Férias

de 23 a 25 horas  18 dias;
de 21 a 22 horas 16 dias,
de 16 a 20 horas 14 dias,
de 11 a 15 horas 12 dias,
de 06 a 10 horas 10 dias,
até 5 horas 08 dias
Obs:
– Fica vedado o parcelamento das férias em dois períodos, bem como a conversão de parte delas em abono pecuniário, mas poderá o trabalhador ser incluído nas férias coletivas que forem concedidas aos demais empregados.
– Quanto à proporcionalidade das férias em face a faltas injustificadas, o empregado contratado para regime de tempo parcial que tiver mais de sete faltas injustificadas ao longo do período aquisitivo, terá o seu período de férias reduzido à metade.


TABELA DE FERIADOS

 FERIADOS “NACIONAIS”

Dia Mês

Comemora

01 Janeiro Confraternização
21 Abril Dia de Tiradentes
01 Maio Dia do Trabalho
07 Setembro Proclam.da Independência
02 Novembro Dia de Finados
15 Novembro Proclamação da República
25 Dezembro Natal

LEI No 10.607, DE 19 DE DEZEMBRO DE 2002
“Art. 1o São feriados nacionais os dias 1o de janeiro, 21 de abril, 1o de maio, 7 de setembro, 2 de novembro, 15 de novembro e 25 de dezembro.” (NR)  

FERIADOS “ESTADUAIS”

Dia Mês

Estado

09 Julho

São Paulo

LEI Nº 9.497, DE 5 DE MARÇO DE 1997
Artigo 1.º – Fica instituído, como feriado civil, o dia 9 (nove) de julho, data magna do Estado de São Paulo, conforme autorizado pelo artigo 1º, inciso II, da lei Federal nº 9.093, de 12 de setembro de 1995.

FERIADOS “MUNICIPAIS”

Dia Mês

Comemora

Data Móvel - Sexta-Feira da Paixão *
Data Móvel - Corpus-Christi *
12 Outubro Nossa Senhora Aparecida , Padroeira do Brasil *
De acordo com o Municipio De acordo com o Municipio Fundação/Padroeiro do Municipio *

LEI Nº 9.093, DE 12 DE SETEMBRO DE 1995.
Art. 1º São feriados civis:
I – os declarados em lei federal;
II – a data magna do Estado fixada em lei estadual.
* Art. 2º São feriados religiosos os dias de guarda, declarados em lei municipal, de acordo com a tradição local e em número não superior a quatro, neste incluída a Sexta-Feira da Paixão.